Pendrive Bootável com Ghost

A idéia deste artigo é mostrar como criar um pendrive[bb] bootável que contenha uma imagem do seu equipamento que permita a realização do auto-restore. Ou seja, basta plugar o pendrive, dar o boot e em 10 minutos seu sistema estará da mesma forma de quando você criou a imagem, automaticamente.

Eu não vou entrar em detalhes sobre como criar a imagem, visto que é pré-requisito para o que iremos fazer.

Este artigo surgiu em uma necessidade que tive de criar este tipo de sistema utilizando DVD’s, com o intuito de criar um sistema de DVD[bb]-Restore, através do Ghost. Depois de uma longa maratona de testes e pesquisas na internet para fazer isto com DVD’s, consegui fazer após encontrar os dois links destacados abaixo. No entanto, depois de algum tempo percebí que utilizar um pendrive seria bem mais simples e desde então eu simplemente não utilizo nem recomendo a utilização de DVD’s para este fim.

Se você for levar em conta o preço de um pendrive de cerca de 8GB com espaço suficiente pra você fazer ghost de uma partição de sistema inteira, sem ter problemas com arranhões, etc, vai concordar em utilizar pendrive para isto…

Se mesmo assim ficou interessado em utilizar DVD’s, basta seguir o tutorial dos links abaixo:

http://users.telenet.be/satcp/ghostresq01.htm – Este processo é mais simples.

http://radified.com/Ghost/ghost_1.htm – Processo um pouco mais complexo e detalhado mas funciona da mesma forma.

Mãos à obra:

Primeiro você vai precisar do HP[bb] USB[bb] Disk Storage[bb], para formatar o pendrive e configurá-lo como bootável. Execute o download em:

http://pcworld.uol.com.br/downloads/2008/04/25/hp-usb-disk-storage-format-tool/

A utilização é simples, primeiro você deve escoher o dispositivo, escolher o FileSystem (lembrando que para permitir que seja bootável deve ser FAT32 e não NTFS) e habilitar a opção de criar um disco de inicialização.

Nesta última opção, escolha “using DOS System files located at:” e então aponte para uma pasta contendo os arquivos command.com e io.sys.

Você pode conseguí-los em um disquete de boot o Windows98. Baixe em http://www.bootdisk.com/bootdisk.htm e crie o seu.

Caso não possua um drive de disquete, baixe neste link http://users.telenet.be/satcp/files/bootdisk.zip e extraia o conteúdo do arquivo bootimage.ima utilizando o WinImage

Por padrão, vem embutido no arquivo io.sys uma splashscreen do Windows98. Caso você não queira que ela apareça durante o boot do seu pendrive, basta criar um arquivo em qualquer editor de imagem (pode ser o paintbrush mesmo) com fundo todo preto, e com as resoluções em 320×400 e salvá-lo como logo.sys. Em seguida copiei também este arquivo para o pendrive.

Agora crie um arquivo chamado autoexec.bat com o seguinte conteúdo:

@ECHO OFF
ghost.bat

E agora crie um arquivo chamado ghost.bat com o seguinte conteúdo:

GHOST.EXE -clone,MODE=pload,SRC=imagem.gho:1,DST=2:1

Explicando:

Você cria um arquivo autoexec.bat que irá chamar o ghost.bat, que será quem efetivamente irá executar o ghost.exe com os parâmetros informados.

No caso, lembre-se que no campo SRC=imagem.gho, você deve substituir pelo nome do seu arquivo de imagem, e em DST=2:1, significa disco 2, partição 1, ou seja, eu quero restaurar o conteúdo de imagem.gho na primeira partição do segundo disco. Ajuste este valor para a sua necessidade

Por fim, copie os arquivos da sua imagem para dentro do pendrive e também o executável do ghost.  Lembrando apenas que caso a sua imagem seja muito grande, você terá que utilizar a opção de split do próprio ghost para dividir a imagem em vários arquivos de cerca de 3.5GB. Isto é necessário pois o FAT32 tem uma limitação onde os arquivos não podem ser maiores que 4GB.

Note que neste caso, será gerado um arquivo com a extensão .gho e os demais terão a extensão .ghs.

Resumindo:

Arquivos que deverão ser copiados para dentro do pendrive:

  • command.com
  • io.sys
  • autoexec.bat
  • ghost.bat
  • ghost.exe
  • logo.sys
  • arquivos de imagem

Agora que você leu até o final, vou dar o pulo do gato. Clique nos links abaixo e baixe os arquivos necessários:

Ghost.exe

Insumos

Até a próxima!

19 Responses to “Pendrive Bootável com Ghost”


  1. 1 Luiz Eduardo Cunha julho 26, 2010 às 7:52 pm

    Boa noite Ricardo, achei muito interessante o seu mini tutorial de pen drive do ghost bootável, mas, mais do que isso, se não me engano você menciona a opção de direcionar uma determinada imagem à uma partição específica do disco, no caso a de sistema. Se isso funcionar, será simplesmente a resolução de uma questão para a qual, há tempos procuro resposta ! É realmente disso que se trata ? Caso possa me responder ficarei muito grato. Venho tentando uma forma de clonar apenas a partição de sistema e, restaurá-la, mantendo as demais, através de diversos programas, e os que o fazem, não a tornam inicializável. Nas versões que conheço do Ghost, a opção Boot Image, é inválida para partições em separado. De qualquer forma agradeço desde já o seu auxílioe sua boa vontade. Abraço, Eduardo

  2. 2 Ricardo Martins julho 26, 2010 às 8:09 pm

    Olá Luiz Eduardo,
    Isso mesmo! Você pode direcionar uma determinada imagem à uma partição específica do disco.

    Além do Ghost, você pode dar uma procurada na internet pelo Acronis, outra ferramente muito boa para geração de imagens.

    Abraço!

  3. 3 Luiz Eduardo Cunha julho 27, 2010 às 11:40 am

    Já utilizei o Acronis, o Paragon, o Disk Copy, o Boot It, o XML Drive Image, dentre alguns outros bem conhecidos. Porém quando o assunto é clonar e restaurar somente a partição do sistema ( c : ) e preservar a ou as restantes, nada tem se mostrado funcional. Seria pegar a partição de sistema somente, já com drivers, programas preferenciais e seus incríveis MBRs e setores de boot, integralmente, salvar só ela em forma de imagem em mídia ou disco remomível, e restaurá-la, quando necessário, sem apagar as lógicas e naturalmente, mantendo o sistema tal qual ele era. ( E, de preferência inicializável ! rs.. ) Se você tem alguma
    receita ou método para fazer exatamente isso, de preferência através de um cd iniciálizável, ou mesmo pelo pen drive, segundo o supracitado tutorial, e se eu não estiver te importunando, vou lhe agradecer muito que me passe esse tesouro ! De qualquer forma, agradeço muito à atenção. Abraço

  4. 4 Alexandre Bortolanza agosto 23, 2010 às 3:40 pm

    Muito interessante esse tutorial. Pra compartilhar informaão eu uso o norton ghost 12 e normalmente faço assim para meus clientes: divido o hd em 2 partições e redireciono os meus documentos e favoritos para o d: e faço a imagem do c: quando precisa restaurar coloco o cd de boot do norton já com a imagem dentro. essa com pendrive parece ser bem mais prática. Vlw!!!

  5. 5 Rafael setembro 13, 2010 às 6:39 pm

    Gostaria de uma pergunta, no exemplo que vc deu em DST=2:1 que siginifica a 1º partição do segundo disco certo? Como ficaria pra mim devolver uma imagem em um pc que possui somente um HD e uma única partição?
    A imagem eu tambem fiz de uma única partição, no caso o hd a receber a imagem será o primeiro (já que é o unico)? ou o pen drive entra como um disco tambem?
    Num sei se consegui me expressa muito bem mas espero que entenda. Valeu!

    • 6 Ricardo Martins setembro 13, 2010 às 10:12 pm

      Rafael,

      Na verdade o DST=2:1 significa a primeira partição do primeiro HD.

      Isso porque como o boot é feito pelo pendrive, a USB é reconhecida como o primeiro dispositivo de boot e o HD passa a ser o segundo. Por esta razão o 2:1, para indicar a primeira partição do HD.

      Se o boot fosse pelo CD/DVD, isto não ocorreria, então poderia ser utilizado o 1:1 para indicar a primeira partição do primeiro HD.

      No seu caso, você deve fazer como no exemplo, utilizando DEST=2:1 para indicar a primeira partição do primeiro HD.

  6. 7 Rafael setembro 16, 2010 às 7:03 pm

    Obrigado pelo esclarecimento, dica de muita utilidade!
    Parabéns pelo Blog.

  7. 8 Renato Ranzani setembro 22, 2010 às 1:43 pm

    Me tira uma dúvida, esse metodo eu não consigo escolher que imagem será executada? (ter mais de 1 imagem no pen drive!)

  8. 11 Vc é um fdp mais eu ti amo! dezembro 30, 2010 às 4:59 pm

    é por essas e por outras que eu digo leia a bosta do tutorial até o fim.
    não vai pensando que vc é o fodão e vai fz merda!

    eu ja sabia como fazer o processo so precisava dos akivos mastigados xD

    mais como diz o amigo.

    lei re leia e preste a atenção.
    vlw vc me salvou em poucos kb.

    Abc a atodos!

  9. 12 Ricardo fevereiro 12, 2011 às 9:17 pm

    Teve uma demora de 1 hora para completar o ghost de 6GB, isso é nomal?

  10. 15 Ricardo fevereiro 24, 2011 às 8:49 am

    Ja usava o Ghost a alguns anos, o detalhe do pen drive é top, pois hoje não se usa mais disquete de boot.
    Criei um cd de boot, com msdos, mas adorei seu tutorial.

  11. 16 Eustaquio março 31, 2011 às 11:45 am

    E se aimagem estiver no HD?

  12. 18 cesar augusto abril 27, 2011 às 8:41 am

    Meu caro. Vc me salvou com esse tutorail. O mundo precisa de gente com vc que compartilha o conhecimento!


  1. 1 Pendrive Bootável com Ghost « rockes.com.br/blog Trackback em dezembro 16, 2010 às 12:21 am

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Visitantes

  • 240,979 Acessos

%d blogueiros gostam disto: